esg, inteligencia-de-mercado

O que é Economia Circular?

Publicado em 26 de Agosto de 2022

Tudo o que você precisa saber sobre Economia circular. Tudo o que você precisa saber sobre Economia circular.

A Economia circular tem levado empresas a otimizar processos produtivos em busca de mais sustentabilidade. Entenda neste artigo como ela funciona.

O que é economia circular

 

O conceito de Economia circular está associado ao desenvolvimento econômico sustentável. A ideia é pensar em um melhor uso de recursos naturais a partir da otimização de processos produtivos e de novos modelos de negócios

A Economia circular não se trata de uma mudança superficial. Muito pelo contrário, ela propõe a remodelagem da produção em diversas instâncias, desde o design do produto até a relação que se tem com a matéria-prima utilizada.

Descrição da imagem: ilustração de um círculo, cujo meio contém o título "economia circular". Ao seu entorno, estão as fases na respectiva ordem: matéria-prima, design, produção remanufaturada, distribuição, consumo, coleta, reciclagem, resíduos.

Objetivos da economia circular 

 

Redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia são alguns dos objetivos do conceito de Economia circular. Em resumo, desenvolver maior Responsabilidade Ambiental e Social

“A importância da economia circular é viabilizar a sustentabilidade empresarial a longo prazo, pois você minimiza todos os impactos que a cadeia de produção da sua empresa pode gerar”, afirma Beatriz Pelozo Mendes, ESG Associate na Atlas Governance. 

Na prática, as organizações devem observar seus processos para: 

  • Investir em otimização de procedimentos, aplicando formatos mais sustentáveis que exijam menor consumo de energia, água e geração de resíduos; 
  • Adotar iniciativas de uso consciente dos recursos naturais; 
  • Aderir modelos de produção que emitem menos gás carbônico para a atmosfera; 
  • Obter matérias-primas sustentáveis, de qualidade e certificadas; entre outras ações. 

 

Benefícios e impactos da economia circular 

 

Em suma, a Economia circular é importante para a redução dos impactos sobre o meio ambiente e a sociedade – que é a grande preocupação de empresas interessadas em adotar estratégias ESG (Environmental, Social and corporate Governance). O que a sua empresa tem feito para diminuir seus impactos ambientais e sociais? 

Segundo levantamento do Panorama de Resíduos Sólidos Brasil 2021, a geração de lixo no país sofreu influência direta da pandemia da COVID-19 durante o ano de 2020, tendo alcançado cerca de 82,5 milhões de toneladas geradas, ou 225.965 toneladas diárias. Com isso, cada brasileiro gerou, em média, 1,07 kg de lixo por dia

A Economia circular permite que empresas influenciem positivamente esse índice. Como? Com a reformulação de embalagens, da produção e até mesmo do próprio produto, por exemplo. Isso impactaria diretamente a geração de resíduos. 

Imagine se a sua indústria, por exemplo, vendesse seu produto em uma embalagem retornável. Evitaria que tal material fosse disposto no lixo, auxiliando a redução da produção de resíduos e, por conseguinte, cooperando para a defesa do ecossistema. 

Também vale observar que a Economia circular contribui para a inovação e, consequentemente, para a melhoria da competitividade de sua organização. Empresas preocupadas em assegurar a sustentabilidade em suas atividades são mais bem-vistas no mercado, tanto por investidores quanto por consumidores

Divulgado pela Bolsa de Valores B3, o Boletim ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) mostra que empresas sustentáveis têm maior rentabilidade em comparação com as demais. No momento em que este artigo é escrito, a carteira de empresas sustentáveis tem valorização de 267,05%, frente a 228,42% de todo o restante das organizações — uma diferença de 38 pontos percentuais

Diferenças entre economia linear e economia circular 

 

Enquanto o modelo de Economia linear se baseia na extração, utilização e descarte da matéria-prima, a Economia circular repensa toda a cadeia produtiva de forma a diminuir ao máximo os impactos negativos sobre o meio ambiente. 

Exemplos de economia circular 

 

Para ajudar-lhe a entender o conceito de forma prática, elencamos abaixo alguns exemplos de Economia circular: 

  • Coca cola: para minimizar a produção de resíduos plásticos, a companhia de bebidas produz garrafas retornáveis, que são reinseridas na cadeia produtiva, formando um ciclo que impacta menos o ecossistema; 
  • JBS: uma das maiores empresas de alimentos no mundo, a JBS produz biodiesel feito à base de resíduos da cadeia de produção de proteínas. Esse tipo de combustível é fundamental para a diminuição das emissões nos veículos de carga; 
  • Deep Branch: trata-se de uma plataforma de reciclagem que transforma dióxido de carbono em ingredientes de ração animal. 

 

Economia circular na indústria: como aplicá-la? 

 

Como vimos, a Economia circular é nada mais que umas das inúmeras práticas adotadas dentro da estratégia ESG de uma organização. Isso significa que, para que a Economia circular seja aplicada efetivamente, é necessário ter uma estratégia ESG sólida. 

Por trás da estratégia ESG sólida, o que se pode encontrar é uma Governança corporativa sólida. Embora seja a última letra na sigla, a Governança é responsável por levar o Ambiental (E) e o Social (S) para as mesas de Conselho. 

Assim, a melhor maneira de garantir a implementação eficaz da Economia circular e/ou até da própria estratégia ESG é assegurar uma Governança corporativa eficiente, com processos fluidos e bem-planejados. 

Os desafios da Governança corporativa são também os desafios da aplicação da Economia circular e da estratégia ESG. E como você pode superá-los? 

Considere o uso de um portal de Governança  

 

Os membros dos colegiados na Governança da sua organização têm dificuldades com a obtenção simples e rápida de informações? Estão cansados de perder tempo na espera por documentos solicitados e gostariam de aposentar os arquivos físicos? Diante disso, cabe pensar na possibilidade de utilizar um portal de Governança.  

O Atlas Governance é o maior portal de governança da América Latina, atendendo mais de 400 organizações e mais de 15.000 Conselheiros.  

Com ele, você também pode obter atas com informações de tudo o que foi discutido e decidido no encontro, convocar reuniões em menos de 3 minutos, aposentar seus arquivos e rastrear documentos em uma base de conhecimento digital, centralizar a comunicação da sua governança e muito mais. Clique na imagem e conheça outras funcionalidades do software Atlas!

Banner com link. Clique na imagem e conheça as funcionalidades do software Atlas.

 

Publicado por Luiz Gustavo Anjos